{Bookshelf Tour} Meus livros de John Green


Resolvi fazer uma micro Bookshelf Tour por minha estante e comecei por meu livros de John Green.
Por que não em vídeo?
Porque, para quem me acompanha no Instagram, viu que semana passada uma parte da minha estante desabou e a outra estante que eu tenho era amarela daquela cor antiga e sem graça e eu resolvi forrar com tecido e ficou horrivel...rs
O tecido ficou todo certinho e bem feito, mas escolhi um tecido preto de bolinhas brancas (bolas enormes) e quando terminei de forrar e coloquei os livros você só via bolas. Ficou uma imagem poluída e ainda não tive tempo livre para refazer. 
Então estou com uma estante horrível e muitos livros no chão e o marceneiro que consegui para fazer uma estante do jeito que eu quero vai demorar um pouquinho, então quando tiver tudo certinho eu mostro em vídeo.

E vou começar mostrando os livros de John Green que já li!


O primeiro livro que li foi A Culpa é das Estrelas, e gostei dele, mas não fiquei louca e apaixonada (acho que já passei um pouco da idade para me deslumbrar com livros YA), mas lembro que brotou uma  lágrima no final e me emocionou bastante, porém as expectativas estavam nas alturas e isso sempre prejudica, mas foi um leitura bem legal.
Não vai ter resenha porque acho que só  não conhece esse livro que ainda não sabe ler!

 Mas aqui tem a sinopse:

"Hazel foi diagnosticada com câncer aos treze anos e agora, aos dezesseis, sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões. Ela sabe que sua doença é terminal e passa os dias vendo tevê e lendo Uma aflição imperial, livro cujo autor deixou muitas perguntas sem resposta. Essa era sua rotina até ela conhecer Augustus Waters, um jovem de dezessete anos que perdeu uma perna devido a um osteosarcoma, em um Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Como Hazel, Gus é inteligente, tem senso de humor e gosta de ironizar os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas. Com a ajuda de uma instituição que se dedica a realizar o último desejo de crianças doentes, eles embarcam para Amsterdã para procurar Peter Van Houten, o autor de Uma aflição imperial, em busca das respostas que desejam. 

Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar".



O próximo lido da lista foi Cidades de Papel, que é uma leitura super gostosa e bem divertida! 
Não criei muitas expectativas como fiz com A Culpa é das Estrelas, então pode ser por isso que gostei mais dessa leitura e talvez releia esse ano porque ao escrever esse post senti que não lembro mais de muita coisa.

O filme foi lançado esse ano, mas ainda não assisti porque não gosto de Cara Delevingne, e só me fez gostar menos ainda de Margo.


 Veja a Sinopse:

"Quentin Jacobsen tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. 
Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele achava que conhecia".





O próximo e meu favorito é Quem é você Alaska?
Apesar do protagonista ser o Miles, e eu ter gostado muito dele,  Alasca rouba a de longe, com seu jeitinho espirituoso, meio rebelde e viciada em comprar livros, porém ás vezes bem chatinha, mas qual adolescente não tem seus momentos chatos e dramáticos?!
Vi nela qualidades e defeitos, e foi isso que gostei! Ela não é a garota perfeita que encanta o protagonista.
E aí temos os personagens "secundários", que John Green sabe desenvolver super bem em todos os livros que li! Coronel, Takumi e Lara (essa última não tanto) que achei muito divertidos.



Veja a Sinopse:

"Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras que, cansado de sua vidinha pacata e sem graça em casa, vai estudar num colégio interno à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o "Grande Talvez". Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young, uma garota inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, que o levará para o seu labirinto e o catapultará em direção ao "Grande Talvez".



E agora os não lidos!


E por que não os li?
Fiquei meio cansada da temática adolescente e resolvi dá um tempo, e acabei não pegando mais nenhum deles, e não devo pegar tão cedo porque tô numa vibe bem diferente e muito empolgada com outros títulos, então eles vão ficar guardadinhos até sentir vontade de ler ;)

 Sinopse:

"Em uma noite fria, numa improvável esquina de Chicago, Will Grayson encontra... Will Grayson. Os dois adolescentes dividem o mesmo nome. E, aparentemente, apenas isso os une. Mas mesmo circulando em ambientes completamente diferentes, os dois estão prestes a embarcar em um aventura de épicas proporções. O mais fabuloso musical a jamais ser apresentado nos palcos politicamente corretos do ensino médio".

 Sinopse:

"Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio romântico, do tipo que se vê apenas em filmes. Bem , mais ou menos. Porque ficar presa à noite dentro de um trem retido pela nevasca no meio do nada, apostar corrida com os amigos no frio congelante até a lanchonete mais próxima ou lidar sozinha com a tristeza da perda do namorado ideal não seriam momentos considerados românticos para quem espera encontrar o verdadeiro amor. Mas os autores bestsellers John Green , Maureen Johnson e Lauren Myracle revelam a surpreendente magia do Natal nestes três hilários e encantadores contos de amor , inteligados, com direto a romances, aventuras e beijos de tirar o fôlego".




Sinopse:

"Após seu mais recente e traumático pé na bunda - o décimo nono de sua ainda jovem vida, todos perpetrados por namoradas de nome Katherine - Colin Singleton resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-criança prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam.

Uma descoberta que vai entrar para a história, vai vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevará Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera".

E vocês, qual desses livros já leram ou querem ler?





Beijos, e até breve!

CONVERSATION

0 comentários:

Postar um comentário